Edição 30 - Março/2023 | Editorial

Mulheres no comando da narrativa

Imagem de Freepik

Dentro do projeto Literatura Brasileira no XXI, 2023 é marcado por oficinas que refletem, para defender, a democracia. A literatura brasileira sempre teve um caso tenso com valores democráticos, ora perseguida por exaltá-los, ora reconhecida por se manter do lado mais difícil da história.

Mulheres vêm buscando escrever mais e mais no Brasil. O caminho nunca foi de flores, mesmo para as nascidas em berços generosos. Mulheres pobres viveram séculos de anonimato literário, tendo seus dramas, quando muito, contados por homens. Ricas foram desencorajadas à escrita por uma sociedade que as tolera apenas como mães e esposas. 

A oficina da escritora Paloma Vidal, também professora de literatura da UNIFESP, propôs uma série de exercícios visando desentranhar os enredos que as mulheres tecem, como ninguém, com palavras. Dores e prazeres brotando da infância, do cotidiano, de tantas leituras, dos modos tão singulares que elas têm de anotar o mundo.  

Uma escritora tão sensível quanto generosa em compartilhar suas técnicas e referências, só podia semear e colher, entre as participantes, linhas do sentimento mais genuíno: a liberdade de ser leitoras e escritoras da literatura brasileira. Boa leitura a todxs!!

Leia também

Canto que venta do Sul

Para Darcy Ribeiro (O Povo Brasileiro, 1995), a Brasil Sulino é a área mais heterogênea do país, estendendo-se pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Tal diversidade contrasta com a menor extensão desse território, se comparado ao Brasil Caboclo, e ocorre em apenas tr...

Leia Mais!
O preto em todos os Brasis

O Povo Brasileiro (1995), Darcy Ribeiro (1922-1997) fala do português como povo euro-africano, que vem implantar uma economia açucareira e escravista a partir, principalmente, do Nordeste. Mas para além da cor predominante na força de trabalho que fez rodar as engrenagens deste sistema, o chama...

Leia Mais!
Enorme Norte

Darcy Ribeiro (1922-1997), em O Povo Brasileiro (1995), estuda a predominância das populações caboclas na Região Norte do Brasil. Mesmo com a chegada de contingentes vindos da Europa e da África árabe e subsaariana, os povos originários determinaram cultural e geneticamente a maior parcela te...

Leia Mais!
O sertão em cada um

O Povo Brasileiro (1995), de Darcy Ribeiro (1922-1997), vem norteando oficinas do projeto Literatura Brasileira no XXI. Neste mês de março, o foco é o Brasil Sertanejo, cujos traços culturais, econômicos e sociais são localizados pelo estudioso principalmente na região que hoje chamamos de ...

Leia Mais!
Caipira: um causo do Brasil

Inspirado no Povo Brasileiro (1995), de Darcy Ribeiro (1922-1997), o projeto Literatura Brasileira no XXI segue com seu novo ciclo. Depois da primeira ação mais panorâmica, a segunda concentra-se numa das cinco unidades geográficas, econômicas, étnicas e culturais do país: o Brasil caipira.S...

Leia Mais!
Literaturas dos Brasis

O projeto Literatura Brasileira no XXI abre novo ciclo, voltado às nossas diversidades regionais. Inspiradas no Povo Brasileiro (1995), de Darcy Ribeiro (1922-1997), as oficinas visam discutir a literatura de cada Brasil descrito nessa obra fundamental: caipira, sertanejo, caboclo, crioulo e sulin...

Leia Mais!